A valorização da boca está em alta! A micropigmentação labial é uma tendência estética e corretiva que vem sendo abraçada por quem deseja elevar a autoestima. Com ela é possível deixar os lábios com efeito de batom ou corrigir a simetria ou camuflar cicatrizes e imperfeições.

Para conseguir o melhor efeito na micropigmentação labial, uma harmonia perfeita do pigmento com a cor da pele e dos cabelos, a escolha da cor é muito importante. Vale salientar que não existe uma cor que seja considerada correta para os lábios, mas sim a que proporciona melhor harmonia com o conjunto.

Uma conversa entre o profissional de micropigmentação labial e a cliente ajuda a chegar ao tom ideal, que pode ser puro ou resultado de uma mistura de cores. Um produto que atenda as expectativas da cliente e ofereça mais durabilidade nos lábios, como os pigmentos Amiea, também deve estar entre os quesitos para um bom trabalho.

Entre as cores mais utilizadas na micropigmentação labial, estão:

Rosé Natural: essa opção é ideal para quem prefere um efeito discreto, realçando o contorno dos lábios, mas com um resultado mais natural;

Rosa Marcante: na lista dos tons de rosa, essa é uma versão de rosa um pouco mais intenso e que garante efeito delicado após a cicatrização;

Laranja Intenso: para quem prefere a cartela de tons entre alaranjado e coral, o laranja intenso é a cor indicada para realçar lábios mais pálidos e fica com efeito mais natural na medida em que vai perdendo a cor;

Vermelho Vivo: esse pigmento mais intenso é ideal para quem busca um resultado mais marcante nos lábios, garantindo um efeito avermelhado;

Vermelho Vivo Intenso: pigmento com tom de vermelho mais aberto e perfeito para quem quer destacar os lábios com efeito de batom.

Destacamos algumas informações importantes sobre as cores:

1 - As cores utilizadas na micropigmentação labial sempre serão orgânicas, pois as tonalidades de pigmento, vermelha e laranja, são encontradas somente na química orgânica.

2 - Verificar se o pigmento tem registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA é essencial, pois se houver qualquer reação alérgica após a micropigmentação labial, o que pode acontecer, não haverá como pedir ajuda.

O registro mostra que os compostos de cada pigmento passaram por testes que garantiram sua segurança. Além do mais, os profissionais do estúdio podem ser multados caso utilizem produtos sem registro.

3 - Quanto ao rendimento da micropigmentação labial, vale observar que um pigmento pode, a princípio, custar muito mais que outro, porém contar com mais carga pigmentária, não decantar e assim render mais. Afinal, pigmentos com pouca carga pigmentária acabam exigindo maior número de retoques.

Saiba mais sobre os pigmentos Amiea. Visite a nossa loja virtual: PMULoja: https://www.pmuloja.com.br/pmu_br/pigmento-organico-amiea/organicline