Em um mercado tão amplo e com tanta competitividade como o da micropigmentação, encontrar os melhores produtos e aqueles que mais combinam com cada profissional e cliente não é tarefa fácil. Quando se fala em pigmento para sobrancelha, as opções são variadas, o que torna a tarefa ainda mais complicada.

A escolha do melhor pigmento envolve vários fatores, como descobrir o que fixa mais, se é orgânico ou inorgânico, o que tem a melhor relação custo-benefício, o que traz os melhores resultados. E ainda, com tudo nas mãos, a tarefa vai depender das habilidades de cada micropigmentador.

Para transformar seu trabalho com o pigmento para sobrancelha perfeito para seus clientes, a primeira etapa é definir com qual tipo de pigmento você deseja trabalhar. A escolha se divide entre o pigmento orgânico e o inorgânico.

Ambos são produzidos industrialmente e a diferença é que o orgânico vem da química orgânica, da cadeia de carbono e hidrogênio que, por meio de processos físicos e químicos, transforma-se nas mais variadas cores. Já o inorgânico é derivado de metais como ferro, cobre, crômio, chumbo, cádmio, entre outros.

O pigmento para sobrancelha Amiea é orgânico e o mais seguro. Ele tem todas as características necessárias para um bom trabalho, o que inclui cor, brilho, qualidade, segurança e proporciona um resultado harmonioso para a pele dos clientes. Além disso, oferece menor risco de alergia, uma vez que não possui dióxidos de metais.

Os profissionais micropigmentadores de todo o mundo confiam nas cores que compõem o pigmento para sobrancelha Amiea, pois além da excelente qualidade, trazem a possibilidade de um pigmento personalizado. Isso porque em 2018 a composição dessas cores foi aperfeiçoada.  

A nova fórmula foi desenvolvida com material de ligação inovador que facilita a aplicação do pigmento para sobrancelha Amiea na pele. A viscosidade e o fluxo de pigmento também foram aprimorados e os resultados são cores perfeitas, que não secam rapidamente, facilitando o desenvolvimento do trabalho seja com linhas finas ou formas esfumaçadas.

Um passo importante e que merece atenção é o de selecionar com critério o meio líquido de dispersão do pigmento em pó, pois isso também influencia na qualidade do material usado na técnica estética.

A segurança do pigmento para sobrancelha Amiea é o registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA. Os compostos de cada pigmento, quando registrados, passaram por testes que o validaram para uso.

Além do mais, o estúdio de micropigmentação pode ser multado caso utilize produtos sem esse registro, pois em caso de reação alérgica, o que pode acontecer, não haverá a quem recorrer.

Vale observar que um pigmento para sobrancelha pode, a princípio, custar muito mais que outro, porém possuir mais carga pigmentária, não decantar e assim render mais. Pigmentos com pouca carga pigmentária acabam exigindo maior número de retoques.

Por fim, para os profissionais que querem lidar melhor com o pigmento para sobrancelha, o melhor a fazer é buscar informação a respeito em um bom curso que aborde a pigmentologia e, dentro dela, a colorimetria.

Ao estudar bem as cores, ao compreender melhor os conceitos de saturação da cor, matiz, sombra, tonalidade e luminância, o profissional estará melhor embasado para avaliar o tom adequado de um pigmento para sobrancelha com sucesso.

Saiba mais sobre os pigmentos Amiea. Acesse: https://www.pmuloja.com.br/pmu_br/pigmento-organico-amiea/organicline